.comment-link {margin-left:.6em;}

sábado, abril 15, 2006

 

Afinal a PJ estava mesmo sem dinheiro

O ex-Director da PJ tinha razão ao denunciar a suborçamentação daquela Polícia, que originou uma situação financeira muito preocupante, com reflexo na sua acção diária.
Agora, o Ministro da justiça acabou por reconhecer ser preciso atribuir à PJ cerca de 9 milhões de euros!
Pelo desenrolar dos acontecimentos, não houve má gestão por parte do ex-Director da PJ, e, se houvesse, porque não se actuou logo?!
Mas, donde veio essa elevada quantia injectada na PJ?
Dos cofres dos tribunais judiciais, isto é, das taxas de justiça, das custas e de outros encargos que os que recorrem à justiça têm que pagar!
E o certo é que o próprio Ministério da Justiça tem muitos atrasos de pagamentos ( os advogados oficiosos que o digam).
É caso para perguntar: por que é que o que se fez agora, injectando dinheiro na PJ não se fez antes enquanto ali esteve o Juiz Conselheiro Santos Cabral?!
Quis-se, sim, “ correr com ele” e a razão invocada não é válida sendo motivo de censura.

Comments:
Excellent, love it!
» »
 
Cool blog, interesting information... Keep it UP » » »
 
Best regards from NY! Pain relief back pain Diplomat backpack
 
This is very interesting site... Viagra 2b
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?