.comment-link {margin-left:.6em;}

quarta-feira, agosto 10, 2005

 

As dificuldades dos Partidos

De uma maneira geral e em todo o país, mas mais nos principais Partidos ( PS e PSD) tem havido dificuldades várias em organizar as listas concorrentes às eleições autárquicas.
É que, contra o que é costume há militantes que se têm recusado a aceitar os lugares que lhes são oferecidos.
E isso é sintomático e não é favorável aos partidos que, pelos vistos, não vão merecendo a confiança e a credibilidade dos seus apoiantes.
Ou, então, é a indiferença pela vida política que está a inastalar-se cada vez mais!
Quer num sentido, quer noutro tal não abona a acção dos partidos.
Mas, eles são precisos à democracia e, por isso, há que procurar inverter a situação, diligenciando para que os partidos façam quanto antes uma bem pensada e elaborada acção pedagógico-política, o que, infelizmente não tem acontecido.
os partidos só se lembram dos militantes nas alturas das eleições.

Comments:
O mandato de Duarte Silva, que está prestes a terminar foi rodeado de grandes expectativas, na sua maioria não concretizadas, traduzindo-se por um pequeno numero de iniciativas sem que nenhuma delas se baseasse num planeamento ou mesmo num projecto.

O desenvolvimento do turismo é indiscutivelmente um pilar importante para o crescimento e melhoramento da nossa cidade. Mas não é o único, nem tão pouco o mais importante. Prova disto é o efeito efémero que as políticas nesta área provaram ter. Não queremos uma cidade só para dois meses por ano, na época balnear, mas sim que dê que falar o ano inteiro.

Ninguém desconhece a pouca oferta de emprego que se faz sentir em todo o concelho, obrigando os figueirenses a procurá-lo em zonas urbanas limítrofes.

É urgente um dinamismo necessário, para que o parque industrial seja devida e eficazmente implementado. É imperiosa uma política de actuação que vá ao encontro de investidores e que crie novos postos de trabalho.

No âmbito cultural as principais carências continuam a verificar-se. Adquiriu-se património no tempo de SL , mas ainda hoje as colectividades de todo o concelho continuam entregues a si próprias, não lhes sendo dadas alternativas.

Questões importantes como as acessibilidades, transportes, protecção ambiental, entre outros, serão temas prioritários para um desenvolvimento sustentado da Figueira da Foz.

Partindo de problemas e interesses comuns serão variados os assuntos em que todos os figueirense ou seus residentes se devem empenhar, numa tentativa de contribuir para o desenvolvimento e bem estar do concelho da Figueira da Foz.

Para isso aqui estamos, por isso lutaremos.
Os programas dos partidos são todos espartilhados pelos lobies e grupos de pressão que não conseguem comprender as necessidades das populações.

CREIO QUE TODOS OU PELO MENOS A MAIORIA CONCORDARÁ COM O EXPOSTO, PORTANTO EM OUTUBRO FAÇAMOS A NOSSA OPÇÃO, CASTIGANDO TODOS OS QUE NÃO COMPREENDEM QUE AS POPULAÇÕES ESTÁO EM PRIMEIRO LUGAR

in
http://necessariodizer.blogspot.com/
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?